segunda-feira, 15 de abril de 2013

Moço, cade você?


Oi moço, estava aqui sentindo sua falta como de costume
Não sei se sente a minha, ou se lembra de mim.
Né moço, as vezes a saudade tem um jeito todo dramático de aparecer.
Não sei se sente todo esse drama também.
Como pode moço, eu gostar tanto de você?
Não sei se você também se sente assim.
Mas olha moço, temos que nos resolver
Não sei bem, mas acho que eu te espero e você vem me ver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja coerente