quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Mas se quiser, volte

        Escrevi-lhe uma carta disse que sentia raiva que era a pior coisa que teria me acontecido, mandei junto um papel de bala com aquelas frases bem clichês com ''volte para mim.''

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja coerente